Por Kazuhiro kurita | 25 fevereiro 2018

 

A Marinha do Brasil estará com inscrições abertas entre 1 e 30 de março para concurso que vai preencher 1.300 vagas nas unidades do Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Rio Grande (RS), Belém (PA), Ladário (MS), Manaus (AM), Natal (RN), Salvador (BA) e Aramar (SP). Para participar do certame, o candidato precisa ter concluído o ensino médio, ter de 18 e 21 anos (até 1º de janeiro de 2019) e altura entre 1,54m e 2m, entre outros requisitos divulgados no edital que pode ser conferido no link www.marinha.mil.br/cgcfn, onde também deve ser feita a inscrição, cuja taxa é de R$ 30,00.

O processo seletivo será composto de exame de escolaridade, inspeção de saúde, exame psicológico, declarações de veracidade documental e de bons antecedentes e teste de suficiência física. O exame acontecerá no dia 29 de maio em locais e horários a serem divulgados no site da Marinha e constará de 50 questões, sendo 25 de Matemática e 25 de Língua Portuguesa.

Os classificados serão matriculados no curso de Recruta Fuzileiro Naval (RC-FN) e receberá valor aproximado de R$ 956,00, a título de ajuda de custo. O curso terá a duração de aproximadamente 17 semanas e será ministrado no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), no Rio de Janeiro, e no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), no Distrito Federal.

Carreira


Caso seja aprovado, o recruta será nomeado Soldado Fuzileiro Naval (SD-FN) e passará a ter remuneração inicial de R$ 1.856,00. Se alcançar os requisitos mínimos previstos no Plano de Carreira de Praças da Marinha, ele poderá participar do processo seletivo para realizar o Curso de Especialização (C-Espc) e ser promovido a cabo, com salário de R$ 2.627,00.

Como cabo, o militar poderá participar do processo seletivo aos Cursos Especiais de Habilitação para Sargento (C-Esp-HabSG), antes de completar o nono ano de serviço efetivo. A patente de Sargento dá direito a vencimentos de R$ 3.825,00.

Kazuhiro Kurita
é editor da Flamboyant Comunicações, formado em Publicidade e Propaganda e Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero.