Por Claudinei Nascimento | 15 setembro 2017

Perfeccionistas, donos de uma memória excelente e uma concentração mais prolongada. Essas são algumas habilidades que têm sido consideradas pela organização social Specialisterne para a inclusão de pessoas com autismo no mercado de trabalho.

Antes, porém, elas recebem formação para atuarem na área de Tecnologia da Informação como consultores em empresas parceiras. Bem abrangentes, são 500 horas de aulas distribuídas 
por cinco meses, período no qual são estimuladas também a desenvolver algumas habilidades sociais. 

“A partir de uma avaliação individualizada, trabalhamos conceitos como administração do tempo, trabalho em equipe, comunicação organizacional, formalização de e-mails e relatórios para apresentação de resultados”, exemplifica a diretora de formação da Specialisterne Fernanda Lima. 

Cerca de 50 pessoas já foram formadas pela organização, das quais 25 estão inseridas no mercado de trabalho. Além da inserção, a Specialisterne preocupa-se em promover o desenvolvimento de carreira das pessoas com autismo por meio de sessões de coaching laboral e avaliações constantes de desempenho profissional. 

Fernanda Lima e Lucas Biage
Fernanda Lima e Lucas Biage (Foto: Claudinei Nascimento)
Para Fernanda, há ainda um pré-julgamento com relação às competências comportamentais das pessoas com autismo. “Empresas que usam de modelos tradicionais de recrutamento, sem ter ciência do potencial desses candidatos, tendem a perder grandes talentos”, diz. 

Talentos como Lucas Biage Alves Aranha, 25 anos. Formado em Engenharia Elétrica, ele tem se destacado ao oferecer consultoria para testes de softwares em empresas parceiras. Porém, credita esse sucesso ao fato de ter adquirido uma maior disciplina no ambiente de trabalho por conta da formação oferecida 
pela Specialisterne. “Hoje, sou mais sociável e apresento uma melhor desenvoltura para desempenhar as tarefas”, acrescenta Lucas. 

As inscrições para o curso de capacitação estão permanentemente abertas e a próxima turma deve começar em novembro deste ano. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3151-2748 ou e-mail contatobr@specialisterne.com.

Claudinei Nascimento
é editor do jornal “O Amarelinho”, formado em Jornalismo e pós-graduado em Comunicação e Marketing pela Faculdade Cásper Líbero.