Por | 23 junho 2017

É claro que ser despedido do trabalho não é uma situação agradável, principalmente em uma época de crise. No entanto, a dispensa pode ser transformada em impulso para sair da zona de conforto e procurar o emprego dos sonhos, estudar para um concurso, montar o negócio próprio ou até dar a volta ao mundo, entre outras opções.

No entanto, o palestrante e master coach Jarve Gerleande diz que para transformar a demissão em oportunidade é preciso controlar o emocional e superar os sentimentos de culpa e a vitimização. Para ele, a prioridade é definir um plano de ação para alcançar o novo objetivo, seja para se recolocar no mercado ou montar um negócio. “Nele deve constar as novas competências a serem desenvolvidas, os cursos, a gestão do networking, além de uma estratégia para distribuição de currículos ou de auxílio ao empreendedor, como o Sebrae”, aconselha.

Master coach Jarve Gerleande
Master coach Jarve Gerleande (Foto: Arquivo Pessoal)
Com relação ao melhor plano de recolocação, o especialista diz que ele precisa estar alinhado com o objetivo de vida e não levar em conta somente “aliviar a dor” de curto prazo. Entre as oportunidades, Gerleande cita a mudança de área, embora também envolva riscos. “Neste caso, é preciso ter as habilidades necessárias para executar bem as tarefas inerentes à nova profissão, ter mercado e consumidores dispostos a pagar bem por este trabalho e prazer em realizar as tarefas, pois o mercado exige excelência e ela só é conquistada com muitas horas de treino e dedicação”, finaliza.

Kazuhiro Kurita
é editor da Flamboyant Comunicações, formado em Publicidade e Propaganda e Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero.