Por Kazuhiro Kurita | 01 dezembro 2017

 

O Facebook está com processo seletivo aberto para jovens de baixa renda interessados em participar de cursos gratuitos de programação e desenvolvimento de aplicativos, inovação e preparação para o mercado de trabalho. São mais de 4.200 bolsas de estudo integrais distribuídas nos cursos “Aprenda a Programar em um Final de Semana” (800), “Academia de Programação” (400), “Conectado Com o Amanhã” (700), “Montando sua Carreira” (700), “Innovation Camp” (600) e “Desenvolvimento de Aplicativos” (1.000).

Os cursos acontecerão na Estação Hack. Localizada em São Paulo, trata-se do primeiro centro da empresa para apoio à inovação no mundo. "Sabemos que a tecnologia abre oportunidades e queremos preparar os jovens brasileiros para as carreiras do futuro”, afirma o coordenador da Estação Hack, Eduardo Lopes.

A iniciativa do Facebook tem como parceiros as instituições Junior Achievement, MadCode e Mastertech, todas com experiência na capacitação de jovens. Ela se justifica ainda em razão de estudos apontarem que o déficit de profissionais qualificados em áreas de Tecnologia até 2019 no Brasil será superior a 160 mil profissionais.

Os participantes terão acesso a conteúdos de nível internacional e com impacto comprovado em mais de 120 países. O público-alvo dos cursos varia de acordo com o treinamento escolhido, sendo a maioria voltada aos jovens entre 14 e 25 anos. Será dada preferência para alunos matriculados ou egressos da rede pública de ensino, embora este não seja critério essencial.

A seleção atenderá a uma ordem de inscrição e não há exigência de conhecimento técnico prévio. Mais informações sobre o processo de seleção e inscrição em www.facebook.com/estacaohack. O processo de inscrição seguirá aberto para turmas ao longo de 2018.  

Sobre a Estação Hack

A Estação Hack São Paulo abrigará também programas de empreendedorismo digital, incluindo curso em parceria com o Centro de Empreendedorismo e Negócios da FGV (FGVcenn) e sessões dos programas de empreendedorismo e de marketing digital do próprio Facebook. Serão mais de 3.200 bolsas anuais nessas áreas.

As inscrições para esses cursos voltados a empreendedores ainda serão abertas. No espaço será oferecido ainda um programa de aceleração para 20 startups brasileiras de impacto social.

 

Kazuhiro Kurita
é editor da Flamboyant Comunicações, formado em Publicidade e Propaganda e Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero.