Página inicial > Notícias > Profissão oferece soluções para diversos assuntos
Maria Cristina Lahr | Foto: Divulgação
publicado em 18/11/2016
Profissão oferece soluções para diversos assuntos
O concierge é um facilitador para todas as necessidades do cliente
Antes restrito ao setor hoteleiro, o concierge dá total assistência aos clientes em suas necessidades. Em um hotel, por exemplo, ele é responsável em atender as mais variadas solicitações dos hóspedes, como compra de passagens, organização de eventos, reserva de carros e restaurantes, entre outras. 

Segundo a professora do curso de concierge do SENAC Aclimação, Maria Cristina Lahr, é um profissional que cuida dos clientes de todas as formas possíveis, ajudando na melhor gestão do tempo e atuando como verdadeiro anjo da guarda. “É um facilitador dos processos do dia a dia. Em grandes hospitais, ele atende às necessidades dos pacientes e acompanhantes em relação a convênios e possíveis transferências, além das demandas externas”, explica ela.   

Márcia Primo Costa
Márcia Primo Costa (Foto: Divulgação)
Shoppings centers, condomínios residenciais e empresariais, operadoras de cartão de crédito, companhias aéreas e outras empresas também podem contar com concierges. Para Márcia Primo Costa, da empresa de conciergerie pessoal e profissional e de gestão de estilo de vida Bespoke Life, o serviço proporciona mais qualidade de vida a pessoas extremamente ocupadas. “Quem contrata o trabalho deste profissional, compra tempo, um recurso escasso no mundo atual”, explica Márcia. Sua sócia Giselle Loyolla entende que o concierge é uma forma de dar soluções especiais e de última hora.

Segundo Márcia, um profissional da área pode abranger uma gama variada de atividades, como serviços burocráticos, contratação de professores para cursos especiais, sugestões e compra de presentes personalizados, consultoria de imagem e estilo, menu personalizado de saúde e beleza, planejamento de lista de presente, curadoria de fornecedores para casamento e maternidade, personal organizer, gerenciamento de mudanças, criação de roteiros exclusivos de viagens, entre outras. “É um trabalho com a finalidade de atender às demandas de clientes”, afirma.

Qualificação
Para ingressar na área, há cursos tanto para concierge quanto de personal organizer profissional. “Mas acho que o Brasil ainda tem poucas opções e recursos para segmento específico”, constata Márcia. Quanto aos requisitos para atuar na carreira, ela aponta a vontade de aprender todos os dias, de pesquisar para ter dicas na ponta da língua e ter iniciativa para resolver problemas e solicitações do cliente. “Conhecer muita gente ajuda porque com um telefonema é possível consegue resolver muitas solicitações”, destaca.

De acordo com Maria Cristina, o profissional pode ter uma formação específica na área ou mais abrangente, como nos cursos de hotelaria. “O domínio de línguas estrangeira é bastante desejável para os aspirantes a este cargo”, observa. Para a professora, os salários podem variar de R$ 1.500,00 a R$ 4.500,00. Márcia vai além e diz que o ganho médio deste profissional é de R$ 2.000,00 a R$ 40.000,00 por mês, dependendo do público atendido e do modelo de cobrança dos serviços, ou seja, se for por hora de trabalho ou por comissão por atividade executada. 
 
Aline Ferreira
é formada em Jornalismo e estudante de Cinema. Como repórter, atuou em editorias de Cidades, Política e Cadernos Especiais de jornais impressos.
Gostou da matéria? Mande sua opinião ou sugestão para nossa equipe redacao@oamarelinho.com.br